LEGENDA Bora Ler: Sete Minutos Depois da Meia-Noite

Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.
Vale a pena ou a galinha inteira?

Patrick Ness é um nome que sempre ouvi dentro do mundo literário, mas que eu mesmo nunca havia parado para ler, mas que devido ao pouco número de páginas de  Sete Minutos Depois da Meia-Noite resolvi investir para intercalar com alguns calhamaços que estava lendo. O livro foi publicado originalmente em 2011 e ilustrado por Jim Kay (o mesmo artista que faz as ilustrações dos livros ilustrados de Harry Potter) e foi baseado na história original da autora Siobhan Dowd, que veio a falecer em 2007 e Patrick fez as honras de continuar com a história. O livro foi o ganhador da "Carnegie Medal" e da "Greenaway Medal" dois prêmios anuais da literatura britânica.

Na trama, acompanhamos um momento complicado na vida de Conor, sua mãe sofre de uma doença muito grave e está passando por mais uma nova onda de tratamentos, fato este que acaba implicando até mesmo no comportamento do garoto. Conor é um jovem que parece sempre "estar de mal com a vida", tudo devido ao ar de piedade com que as outras pessoas o olham. Os professores de sua escola evitam fazer questionamentos sobre as disciplinas, a fim de poupá-lo de estresse, e ele vem sofrendo bullying na escola. Somado a isso tudo, seu pai se separou de sua mãe e montou uma nova família e mora quilômetros de distância e a única parente (além de sua mãe) é sua avó que é transtornada por arrumação. Enfim, Conor é um adolescente solitário e frequentemente atormentado por um pesadelo.

Em determinada noite, uma árvore que há perto de sua casa - o teixo, assume a forma de um monstro gigante que agarra Conor por sua janela e diz que eles precisam conversar. O monstro a princípio tenta assustar Conor, mas o garoto não se assusta em nada com o teixo, afinal, sua vida por si só, já é assustadora. O monstro relata que visitará Conor frequentemente para lhe contar 3 histórias e que após isso, Conor terá que lhe contará uma quarta história, a verdadeira história.

As histórias contadas pelo teixo abordam temas sobre as escolhas que temos que fazer na vida, sobre decisões em si e Conor se sente incomodado com tais narrativas, pois elas possuem algo de peculiar. Bem, não vou me aprofundar muito nessas histórias e nem mais na própria história do livro, por que como é um livro curto, você leitor pode perder a essência caso receba informações em demasia. 

Os capítulos do livro são curtos o que acelera a leitura e a fluidez também é regida graças a escrita do autor. Você não consegue largar a leitura até devorar o livro inteiro. Eu precisei me conter por que, eu que comecei a ler graças ao número de páginas, tive que gotejar o livro ao longo de duas semanas para que ele não acabasse.

Os diálogos são muito profundos. Em praticamente todas as conversas, podemos tirar lições de esperança, sobre perda, sobre família e sobretudo sobre ser forte diante de eventos trágicos no cotidiano. A história possui diversas camadas (como uma cebola) e que se você for descascando essas camadas, você consegue humanizar os personagens, até mesmo a avó que a priori era uma megera, o leitor consegue sentir a dor de uma mãe que está perdendo a filha. Minto! O pai do Conor você não consegue humanizar, as atitudes dele levam a crer que ele estava ali apenas para fazer uma participação como o "pai do ano" e não pelo bem estar do filho.

Minha expectativa com a leitura era que fosse um livro de terror, mas ele possui mais um ar de fábula, tanto pelo número de páginas, quanto pelo caráter fantástico e até mesmo pela "moral da história". É um livro reflexivo e muito profundo. Até mesmo a forma como o autor encerra a narrativa é fortemente sensacional. Sem dúvida alguma, entrou fácil, fácil para os meus livros favoritos da vida e uma das melhores leituras do ano, senão a melhor (dilema com Os Miseráveis).

Uma adaptação para os cinemas com já foi lançada e estou super ansioso para conferir, mas só pelo trailer, já comecei a chorar. Ahhh esqueci de mencionar. Se você não segurar ou for fraco para livros, irá chorar copiosamente com a leitura, por que querendo ou não, você se coloca no lugar de Conor. 

Por fim, abordando temas como solidão, superação e coragem de enfrentar a vida, não preciso nem mencionar que Sete Minutos Depois da Meia-Noite merece o galinheiro inteiro não é mesmo?

Por hoje é isso pessoal. Caso tenham gostado do conteúdo, não se esqueçam de seguir o Brigada Paralela também em nossas redes sociais ^^ Abraços 

3 comentários:

  1. Um livro pequeno, mas que me parece ter uma grande história e não falo apenas da trama, mas da forma como foi produzida, já tinha visto a capa, mas não sabia do que se tratava e de nada, gostei da sua resenha e agora fiquei com bastante vontade de ler!

    Acabei de conhecer o blog, mas já gostei... Seguindo!


    Venha conhecer o TAPA Literário
    Um novo projeto entre 4 amigas!


    Andy Lima - TAPA Literário

    ResponderExcluir
  2. Olá Andy tudo bom?
    Com certeza se trata do que as pessoas chamam de pequeno grande livro. Espero que sua experiência de leitura seja tão boa quanto a minha ^^
    Abraços e obrigado pela visita :)

    ResponderExcluir
  3. Esse livro está na minha lista de desejos a algum tempo, preciso comprar urgente, pois tenho somente super indicações! Amei a resenha e seu blog!
    Bjs =)

    euamoolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir