Bora Ler: Uivo - Allen Ginsberg




Vale a pena ou a galinha inteira? 

Uivo é a obra poética de Allen Ginsberg, autor americano e ícone da Geração Beat, que foi uma geração anterior aos hippies. O movimento Beat teve grande influência na cultura americana, pois tirou a poesia de cima das mesas e a levou para a rua, permitindo que fosse influenciada pelo povo.

Por ser um movimento que ocorreu em meados da década de 50, logo após a Segunda Guerra Mundial, proporcionou obras que seguiam uma vertente diferente daquela até então utilizada, utilizando palavras e expressões do povo, sem se preocupar em limitar o vocabulário para expressar suas ideias.

Outro autor que fez parte da Geração Beat foi Jack Kerouac, escritor do famoso On the Road, livro este que está em pé de igualdade com Uivo em matéria de importância para a época.

Ginsberg que era homossexual, foi um defensor dos direitos dos gays e um ícone ativista contra a censura, a guerra, o preconceito racial e a liberdade de expressão. Com Uivo, o autor expõe a verdade nua e crua e com um conteúdo sexual explícito que fora até mesmo censurado em 1957.
"Eu vi as melhores cabeças da minha geração destruídas pela loucura..."
Com essa frase, Ginsberg inicia seu poema que é um pedido de liberdade em forma de poesia para toda uma geração que queria se desvencilhar da chamada "geração silenciosa".

Em 2010 foi lançado o filme "Uivo" baseado na vida de Allen Ginsberg, vivido no longa pelo ator James Franco, um filme que também recomendo para quem quer conhecer um pouco mais sobre a Geração Beat, além de ter uma bela atuação de James.


Nenhum comentário:

Postar um comentário