LEGENDA Bora Ver: Josey Wales, o Fora-da-Lei

O filme é ambientado em 1861, nos primeiros meses da Guerra Civil e Josey Wales (Clint Eastwood) é um pacato fazendeiro que vê sua família ser brutalmente assassinada por um bando pro-União. Após essa perda, ele se junta a um grupo pro-Confederados e após o fim da guerra, quando seus companheiros se rendem, eles são traídos e mortos pelo regime ao qual prestavam obediência. Ao ver esse acontecimento, Josey tenta impedir o massacre, mas não consegue e é dado como traidor, tendo que fugir. Ao longo de sua jornada de fuga e vingança, Josey se une a alguns colonos e um velho índio, que irão dar a ele um novo sentido de esperança.
Vale a pena ou a galinha inteira? 

O filme é baseado no livro de Forrest Carter, intitulado The Rebel Outlaw: Josey Wales e sua importância para o cinema americano é indiscutível, por sua importância cultural e histórica. A revista Times, selecionou o filme como um dos dez melhores filmes do ano de 76 e os críticos afirmam ser a obra prima da direção de Clint. 

O filme é repleto de ação em grande parte de sua duração e prova que Clint foi feito para personagens com revolveres. O clássico estilo bang-bang permeia o filme do início ao fim, com todos os clichês clássicos de um bom filme de faroeste: índios que moram em ocas em formas de cones (lembram dos desenhos do Pica-Pau?), índios que encostam o ouvido no chão para saber quão longe o inimigo está, além de outros como os peles vermelhas, por exemplo. 

Recebeu uma nomeação ao Oscar de melhor canção original, porém, não chegou a concorrer.
O que me cansou um pouco foi o tempo de duração, por que assisti de madrugada, então já estava com cansaço do dia, o que me fez repartir o filme em dois para continuar vendo no outro dia.

Josey Wales é uma obra que eu não conhecia e que por meio do Entre os 1001 tive o enorme prazer de ver, é um filme fascinante para quem gosta de filmes antigos de faroeste e mostra Clint em uma das suas melhores fases como ator e diretor. 


* As imagens retiradas do filme:  The Outlaw Josey Wales, são puramente com o intuito de ilustração e divulgação. Todos os direitos das mesmas são de seus criadores ^^

2 comentários:

  1. Cara, acredita que nunca vi nenhum filme do Clint Eastwood? Depois que eu terminar de ver todos os do John Hughes vou ver alguns dele kkk. Muito legal o seu post =)
    Abraços ^^

    http://literatainofensiva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duane depois de você vê um, será "ame-o ou deixe-o". Comigo foi "ame-o" depois que vi Menina de Ouro e o cara saber fazer um bom filme de faroeste. Abraços ^^

      Excluir