LEGENDA Bora Ler: Contos Completos de Lima Barreto


Mas afinal, vale a pena ou a galinha inteira?

O livro é dividido em seis partes nas quais a organizadora Lilia Moritz Schwarcz sabiamente separou temporalmente os 149 contos incluídos na obra, resgatados de manuscritos, revistas, jornais e edições originais. O livro se inicia com os dois contos mais famosos do autor: A nova Califórnia e O homem que sabia javanês, sendo o primeiro totalmente sensacional. Parece ser uma tendência da Companhia das Letras, começar os livros dessa coleção com contos fantásticos, como ocorre com Contos de Horror do Século XIX que tem como primeiro conto o incrível A mão do macaco de W. W. Jacobs.

Em seus contos, Lima Barreto irá criticar de forma sútil o contraste entre os subúrbios cariocas e a burguesia formada pelos políticos desonestos e os militares opressores. A questão racial também é frequentemente abordada em seus textos curtos, sendo representados por personagens negros e mestiços.
O leitor se deparará com diversos locais, ruas e bairros da cidade do Rio de Janeiro, o que dá uma sensação de imersão na leitura caso quem esteja lendo seja familiarizado a esses locais, o que aconteceu comigo (a rua em que moro apareceu em alguns contos ^^).
Muitos contos você sentirá um pesar por serem tão curtos, em contrapartida, alguns contos você irá implorar que acabem rápido. Confesso que fui atormentado por uma sequência, que apesar de serem contos distintos, se juntos, montavam uma história fechada sobre um governante no país de Al-Patak (muito tenso).
A última parte do livro, estão incluídos alguns contos incompletos e muitos sem final, ou faltando algum pedaço no meio da história, o que te deixa com água na boca de imaginar como aquele conto terminaria (lembram do livro Uma Aflição Imperial de A Culpa é das Estrelas? Bem isso).

Mesmo com esses contos políticos que muitas vezes podem ser chatos, e estes contos sem final ou fragmentados, o livro por si só, já vale a galinha inteira, primeiro por Lima Barreto ser brasileiro (muitas pessoas criam traumas de autores nacionais devido as leituras obrigatórias para o vestibular), segundo pelo primoroso trabalho da antropóloga Lilia Moritz Schwarcz que reuniu todos esses contos que antes estavam dispersos, além de se preocupar em apresentar uma introdução sobre o autor, uma lista de suas obras e uma cronologia da vida de Lima Barreto. 
"É por isso que o Brasil não vai para adiante. O brasileiro é o maior inimigo de sua própria pátria. "

2 comentários:

  1. "É por isso que o Brasil não vai para adiante. O brasileiro é o maior inimigo de sua própria pátria. " É simplesmente sintetizado e ao mesmo tempo holístico e muito, muito verdadeiro. O que reflete também na sua resenha, a qual carrega as mesmas características. Fiquei bem intrigada para ler "Contos Completos de Lima Barreto" mas conto não é minha zona de conforto.

    Minhas resenhas desse mês:

    http://aquelevelhoblablabla.blogspot.com.br/2014/06/desafio-literario-2014junho-1.html
    http://aquelevelhoblablabla.blogspot.com.br/2014/06/desafio-literario-2014junho-2.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isa tudo bom? Confesso que depois de ler esses contos do LB, deu até vontade de reler O Triste Fim de Policarpo Quaresma. E olha que coincidência, uma das tuas leituras do mês sai totalmente da minha zona de conforto, que é a poesia rsrs Leminski já me foi indicado, mas sempre fiquei com o pé atrás...quem sabe não trocamos gostos! Você se aventura nos contos e eu na poesia :) Abraços!!

      Excluir