LEGENDA Bora Ler: O Começo de Tudo - Robyn Schneider

O garoto de ouro Ezra Faulkner acredita que todo mundo tem uma tragédia esperando ali na esquina - um encontro fatal depois do qual tudo o que realmente importa vai acontecer. Sua tragédia particular esperou até que ele estivesse preparado para perder tudo de uma vez: em uma noite espetacular, um motorista imprudente acabou com a perna de Ezra, com sua carreira no esporte e com sua vida social. Depois que perdeu o favoritismo ao posto de rei do baile, Ezra agora almoça na mesa dos losers, onde conhece Cassidy Thorpe. Cassidy é diferente de qualquer pessoa que Ezra tenha encontrado antes - melancólica e com uma inteligência mordaz. Juntos, Ezra e Cassidy descobrem flash mobs, tesouros enterrados e um poodle que talvez seja a reencarnação do Grande Gatsby. À medida que Ezra mergulha nos novos estudos, nas novas amizades e no novo amor, aprende que algumas pessoas, assim como os livros, são difíceis de interpretar. Agora, ele precisa considerar: se uma tragédia já o atingiu, o que poderá acontecer se houver mais infortúnios? O Começo de Tudo é um livro poético, inteligente e de cortar o coração sobre a dificuldade de ser o que as pessoas esperam, e sobre começos que podem nascer de finais trágicos.
Vale a pena ou a galinha inteira? 

O Começo de Tudo é o livro de estreia da autora Robyn Schneider (que tem um canal de humor no Youtube) e por se tratar de um livro YA (young adult), irá abordar temas que para muitos podem ser considerados clichês, mas que possui uma profundidade única. Com tiradas de humor, referências a outros livros, filmes e seriados de TV (surtei ao ver uma referência a The OC), o livro irá tratar sobre o recomeço que somos muitas vezes forçados a fazer na vida, mas que são necessários.

Nosso personagem principal, Erza após presenciar um acidente em um parque de diversões tem para si, e assume a filosofia de que a vida é uma grande tragédia e numa dessas grandes tragédias da vida, muitos anos depois desse acidente no parque, ele sofre um acidente de carro e tem sua vida de tenista profissional interrompida devido a uma sequela em sua perna. 

Contudo, Erza que era o aluno mais popular da escola e propenso aluno a ser coroado rei do baile, vê toda sua popularidade ir por água abaixo após seu acidente. Seus amigos se afastam, seu namoro termina e ele cai em uma fase de provável decadência. No meio dessa solidão, ele encontra Cassidy, uma garota que tem um viés totalmente diferente e encantador das garotas da escola, ela é praticamente a Rainha dos Nerds, grupo esse, ridicularizado pelos outros alunos, inclusive Erza em sua fase popular. Agora, por influência dela, ele se aproxima desse grupo e sua vida passa a ter um novo sentido.

Esse foco da narrativa é muito inspirador. Temos um personagem que antes agia por expectativa dos outros e que agora passa a fazer coisas tão naturais e que o torna tão mais feliz, que antes por estar sufocado ele nem sonhava. 

A autora, por ser uma nerd convicta, trás para a narrativa muitas referências da cultura pop em geral e faz com que o grupo de amigos de Erza, seja um grupo de nerds que dá vontade de ter por perto. Esse grupo é formado por personagens reais, palpáveis, que todo mundo que frequentou um ensino médio que tinha um grupo de nerds isolado, irá recordar.

As ações desses personagens condiz com a idade deles (cerca de 17 anos) e a autora não se aprofunda em muitos pormenores, mas também não te deixa solto, perdido, sabe? A escrita da autora é fluida a tal ponto, que quando você percebe já leu 100 páginas, seja culta realmente da escrita, ou do "buscar referências" ou até mesmo dos personagens que como disse são cativantes.

O final do livro (sem spoilers, claro) é no mínimo surpreendente. A autora te carrega para uma narrativa crescente e quando você está bem confortado, com seus personagens, com sua história já estabelecida, ela solta um plot twist que deixa o leitor estarrecido, é uma verdadeira montanha russa literária, e foi esse mais um dos pontos em que achei que a autora acertou a mão na escrita, afinal, personagens reais, acontecimentos reais, não é mesmo? E sabemos que a vida não é sempre um mar de rosas.

Se você quer se aventurar em um livro leve e muito gostoso de ser lido, O Começo de Tudo é um excelente livro para sair de uma ressaca literária, ou então embarcar em uma leitura com um senso de humor na medida certa, mas também que não deve ser subestimado e que nos mostra que apesar das tragédias, dependendo do ponto de vista, o fim pode ser apenas o começo...


Nenhum comentário:

Postar um comentário